A busca pela beleza está cada vez mais presente na vida dos brasileiros. Uma pesquisa realizada pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica mostra que o Brasil é o país que mais realiza cirurgias plásticas no mundo, com aproximadamente 1,5 milhão ao ano. 

Os procedimentos estéticos mais procurados são lipoaspiração, aplicação de silicone e procedimentos de retoques faciais.

Mas quando fazer uma intervenção? Como escolher o melhor profissional e o lugar mais seguro? Essas respostas você encontra nesse artigo. Confira!

 

Quando fazer uma cirurgia plástica

 

O primeiro passo é encontrar um bom profissional e ter uma conversa franca com ele — mais adiante, falamos como escolher um cirurgião plástico com segurança — partindo do principal ponto: qual a sua principal insatisfação?  O que você deseja? 

Nem sempre é possível realizar o que o paciente deseja  e um cirurgião plástico ético irá deixar isso bem claro. Desse modo, o bom profissional é aquele que sabe falar “não”. Além disso, é importante lembrar que cirurgia plástica não faz  milagre. 

 

Cirurgia plástica reparadora e estética, qual a diferença?

 

Diversas pessoas têm dúvidas sobre a diferença entre a cirurgia plástica reparadora e estética, mas, na verdade, ambas são complementares. Esse assunto é bastante discutido entre os especialistas na área.  

Uma cirurgia pós-bariátrica, por exemplo, é necessária nos  casos em que a pessoa faz uma bariátrica para modelar e retirar possíveis excessos de gordura. 

Além de estética, a lipoaspiração também pode servir para retirar o acúmulo de gordura causado por doenças como a síndrome adiposa genital e uma reconstrução mamária também pode ser necessária após uma mastectomia (retirada dos seios por causa de câncer).

 

Como escolher um cirurgião plástico com segurança

 

Sabemos que escolher um profissional que irá cuidar da nossa saúde não é fácil e, neste momento, surgem muitas dúvidas. Por isso, selecionamos alguns critérios que todo paciente deve ater-se antes de escolher um profissional ético e confiável:

 

  • Verifique se o médico tem registro no Conselho Regional de Medicina da região onde atua;

 

  • Agende uma consulta para tirar todas as dúvidas sobre cirurgia plástica antes de realizá-la;

 

  • Pesquise sobre a formação do cirurgião. Para você saber, são necessários, no mínimo, 11 anos para a formação de um médico cirurgião plástico. Por isso, fica clara a diferença entre um profissional que se prepara durante um longo tempo para exercer a cirurgia plástica e outro que não é especialista;

 

  • Preste atenção nos locais onde o cirurgião faz suas cirurgias. Pesquise sobre a reputação desses locais na internet.

 

Onde realizar a cirurgia plástica com segurança 

 

O sucesso da cirurgia é uma combinação de fatores que envolvem não somente o já comentado profissional cirurgião, mas também o local onde será realizada.

Já que a cirurgia plástica é uma intervenção eletiva, não precisa de pressa. Por esse motivo, antes de decidir o local onde você fará o procedimento, tire um tempo para pesquisar.

É importante se atentar que procedimentos cirúrgicos devem ser feitos em uma clínica totalmente aparelhada ou em um hospital

A cirurgia plástica, assim como qualquer outro procedimento cirúrgico, envolve riscos. Assim, é de extrema importância que você preze, em primeiro lugar, pela sua segurança. 

Em um hospital, o paciente terá à disposição:

  • Equipe multidisciplinar envolvida,  como anestesistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem;
  • Instrumentos específicos;
  • Salas exclusivamente cirúrgicas e devidamente equipadas;
  • Leitos de UTI;
  • Suítes de internação;
  • Médicos intensivistas.

Esses critérios são fundamentais para a total segurança do procedimento. 

 

Quais os tipos de cirurgias mais procuradas

 

Próteses de mama e lipoaspiração são as cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil. Além delas, confira os outros procedimentos mais buscados:

1 – Rinoplastia

2 – Lipoaspiração

3 – Mamoplastia (prótese de silicone)

4 – Mastopexia (levantar ou mudar a forma dos seios)

5 – Mamoplastia redutora

6 – Abdominoplastia

7 – Otoplastia (orelha de abano)

 

Conclusão

 

Como você viu nesse artigo, a cirurgia plástica tem como objetivo o bem-estar dos pacientes. Ao se decidir por um procedimento estético, busque por profissionais qualificados que atendem em hospitais que ofereçam segurança para a realização do procedimento.

A avaliação inicial cuidadosa, a conversa franca entre o cirurgião e o paciente, os exames pré-operatórios e a utilização da técnica cirúrgica mais adequada irão garantir resultados consistentes, com menores índices de complicação. 

Agora que você sabe um pouco mais sobre cirurgia plástica, entenda os principais cuidados após a cirurgia de mastectomia e como evitar possíveis infecções.